Falta de componentes eletrônicos está afetando a produção no Japão

Alguns modelos de carros têm lista de espera de 6 meses. Casos extremos chega a 1 ou até 4 anos de espera.

Falta de peças tem afetado a produção de carros no Japão.

Grandes montadoras culpam a pandemia, a qual interrompeu redes de fornecimento no Sudeste Asiático. O fluxo de envio de peças e semicondutores de países como Vietnã e indonésia tem afetado as linhas de montagem.

Grupos da indústria de automóveis dizem que o número de carros vendidos no Japão em outubro/2021 ficou abaixo de 280 mil, queda de mais de 31,3% em comparação ao ano anterior.

Esse é o menor número para um mês de outubro desde 1968 quando as estatísticas começaram a ser disponibilizadas.

Japão revela plano de ação para revitalizar indústria de chips do país

O Ministério da Indústria, Transporte e Turismo tornou público um plano de ação para ajudar a revitalizar a indústria de semicondutores do país.

Nos três primeiros estágios destacados no plano de ação, o governo fornecerá ajuda financeira por vários anos para convidar fabricantes de chips avançadas a estabelecerem plantas no Japão que produzem chips destinados à condução automatizada e centros de processamento de dados.

Espera-se que este projeto ajude o Japão a manter os níveis de produção das fábricas.